Domingo, 3 de Fevereiro de 2008

AS MULHERES NÃO TRAIEM, VINGAM-SE...

Havia um homem que estava sempre a gozar com a mulher que era loira.

Um dia, ele convidou os amigos para irem com ele ao aeroporto, pois a mulher ia viajar.

Como sempre gozava com ela, disse em frente dos amigos:

- Amor, trazes-me uma francesinha de Paris?

Ela baixou a cabeça envergonhada e viajou muito chateada.

A mulher passou quinze dias em França. O marido pediu que os amigos o acompanhassem novamente ao aeroporto.

Ao chegar lá, ele perguntou logo à mulher:

- Então amor, trouceste a minha francesinha?

Ela respondeu prontamente:
- Eu fiz o possível. Agora é só rezares para nascer menina!

Um casal está a passear na praia, e ela pede-lhe se ele lhe compra um biquíni. Ele responde:

- Com esse corpo de máquina de lavar? Nem pensar!Continuam a andar e ela insiste:
- Bom, então compras-me um vestido?
Ele responde:

- Com esse corpo de máquina de lavar? Nem pensar!!

Passa o dia. À noite, já na cama, o marido vira-se para a esposa e pergunta:
- E aí, mulher? Vamos pôr a máquina de lavar a funcionar?
A mulher, com ar de desprezo, responde:
- Para lavar só esse bocadinho de pano? Ah...! Lava mas é à mão, que dá menos trabalho!

 

 

A velhinha pergunta ao marido:
- Meu querido, depois de 40 anos de casada, satisfaz-me uma curiosidade. Tu já me trais-te alguma vez?
- Sim, querida! Mas foi uma única vez! Lembras-te quando eu trabalhava na Sadia, e tinha uma secretária chamada Margarida?
- Sim, lembro-me!
- Pois é... Aquele corpo já foi todinho meu!
E após alguns segundos, ele pergunta.
E tu já me trais-te alguma vez?
- Sim, meu amor! Uma única vez!
Lembras-te quando a gente morava na Vila Andrade, em frente ao Corpo de Bombeiros?
- Sim...  Lembro-me! - responde o marido.
- Pois é... Aquele corpo já foi todinho meu!

O marido estava no seu leito de morte e chamou a mulher. Com voz rouca e já fraca, disse-lhe:

-         Meu amor... Chega aqui mais perto... Eu quero-te fazer uma confissão!

-          Não, não. Respondeu a mulher. Sossega e fica quietinho aí. Tu não podes fazer esforço.

-          Mas mulher... Insistiu o marido.

-          Eu preciso morrer... Em paz! Eu quero confessar-te algo!

-         Está bem, está bem! Podes falar!

-          É o seguinte... Eu saí... Com a tua irmã... Com a tua mãe e... Com a tua melhor amiga!

-          Eu sei, eu sei... Disse a mulher. 

-          Foi por isso que eu te envenenei, meu querido...!

 

NUNCA SUBSTIMEM AS MULHERES. LEMBREM-SE...

 


publicado por pingodehumor às 19:49

link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Sonhosolitario a 4 de Fevereiro de 2008 às 06:39
ola querida amiguinha .obrigado por esta anedotas que fazem sorrir muito .adorei continua querida ISABEL ,desejo um carnaval muito feliz um abraço ao maridão .beijinho.ate muiot breve...
sonhosolitario
De cindapereira a 4 de Fevereiro de 2008 às 17:36
É só rir!!! parabéns pelas anedotas amiga. Gostei. Beijinhos cinda

Dê a sua gargalhada

.mais sobre mim

.visitas

web page counters
printer cartridges

.*O MEU SELO*

Leva-me contigo


Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Nova página 1

* Outros blogs meus *

.OFERTA DA CINDA

Photobucket

.posts recentes

. UNS DIAS DE FOLGA

. UM CAMELO SENSATO!

. QUAIS AS DIFERNÇAS?

. LÓGICA

. DIVISÃO DE BENS

. CONVERSA DE AMIGAS

. CONVENCIDO!!!

. CONFISSÃO

. BODAS

. NO DESERTO

. BOM FIM DE SEMANA

. PEDIDO DA ESPOSA

. PANCADA NA CABEÇA

. O COWBOY E O ÍNDIO

. MÁQUINA DE LINGUÍÇAS

. GAFES DE JOÃO PINTO

. FESTA DE ARROMBA

. ESCOLHA ACERTADA

. CASAMENTO À FORÇA

. ALDEIA SEM MULHERES

.arquivos

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO